• Leandro Fernandes

5 técnicas de divulgação nas redes sociais que dão certo!

O Instagram se tornou nos últimos anos o principal canal de divulgação e marketing por meio das redes sociais.


Toda essa fama e conquista se devem a sua eficiência quando o assunto é “imagem” e alcance do público que se deseja atingir.


Mas, será que existe uma fórmula mágica capaz de fazer com que as publicações sejam mais impactantes e notadas pelos potenciais clientes?



Infelizmente (ou não) não existe “a técnica” única e específica que é infalível na hora de divulgar suas fotos e vídeos, mas, assim como existem diferentes formas de se fazer um bom café, cada um é responsável por definir a maneira que mais gosta ou que mais se sente confortável para executar no dia a dia!


Levando em consideração o assunto que fala sobre diferentes formas de se ter o “mesmo” resultado, listei algumas ações e exemplos que já são utilizados e dão certo em seus nichos específicos atualmente.


A ideia é mostrar a técnica que considero como diferencial dentro do perfil e que pode servir de referência na hora em que precisar utilizar uma ou algumas delas para o seu negócio, são elas:



#1 Divulgando o processo / a produção


Essa técnica tende a atrair pessoas que procuram por referências para o seu próprio trabalho e curiosos que querem descobrir como determinada atividade é realizada.


Além disso, gera empatia direta com o potencial cliente que reconhece a dificuldade em executar o serviço e por isso tende a valorizar ainda mais o trabalho (pagando mais por isso).


Exemplo que dá certo: leticiarigolim

É possível notar pelos comentários nas fotos, que os profissionais perguntam por cursos e produtos e são esses os motivos de poder encontrar diversas respostas na própria bio (são canais que se complementam).


Ainda há os clientes que ficam motivados quando vêem nas fotos os resultados que gostariam de ter para si mesmos.


Perguntam, curtem e agendam o serviço pelo próprio Instagram!


Sem dúvida esse é um ótimo exemplo de negócio e divulgação para diversos tipos de prestadores de serviço...




#2 Humanização da marca e/ou do produto


A ideia de humanização das marcas passa principalmente pela construção de um relacionamento entre a empresa e o cliente, criando experiências e a percepção de proximidade.


Nesse tipo de técnica é preciso abandonar a postura formal de um perfil empresarial e focar na interatividade direta com o público, indo além de somente “postar publicações” nas redes sociais.


O uso do humor e a atenção às necessidades do público são algumas ações para passar a imagem de uma marca humanizada.


Exemplo que dá certo: supermercadodopovogo

Escolhi esse perfil porque ele explora muito bem a humanização por meio de diferentes publicações.


Participação dos funcionários para divulgar seus produtos e promoções, fotos de sorrisos e satisfação dos clientes, exemplos de receitas para o dia a dia e uma “pegada” muito bem humorada nos Stories.


Os preços dos produtos são divulgados preferencialmente nos Stories e não no Feed, pois entende-se que de um dia para o outro pode haver uma variação de preço e o cliente ficar insatisfeito.


Essa é uma importante dica para quem divulga o preço dos seus produtos no Instagram e esquece de arquivar a publicação… daí uma semana depois quer cobrar um pouco mais pelo mesmo produto e o cliente fica “chateado”.


#3 Na onda da influência social digital


Seus clientes podem ser “fãs” propagadores do seu negócio e ajudar na divulgação da sua marca.


Eventos presenciais e/ou campanhas sazonais são voltados para o contato direto com quem acredita na sua marca. São nesses momentos que as pessoas tendem a compartilhar nas redes sociais o local, o produto e por consequência o seu negócio.


No caso de uma loja física a consistência e empatia são os valores mais importantes a serem ensinados e repassados para qualquer um que trabalhe no atendimento aos clientes.


O ideal é começar o trabalho de influência de “dentro para fora”, fazendo com que os primeiros influenciadores sejam aqueles clientes que estão mais próximos e não se importam de ter suas fotos sendo repostadas como referência no Instagram da empresa.


Exemplo que dá certo: usehuma

O perfil selecionado é de uma marca que viu em seus lançamentos a possibilidade de explorar muito bem a influência digital.


Utilizando o nome de pessoas para seus produtos, garante que as “inspiradoras” estejam fisicamente em eventos de lançamento, divulgando conteúdos como: fotos, vídeos, vários compartilhamentos e gerando um ótimo engajamento por parte dos “influenciáveis”.


A dica é fazer conta: se o perfil da marca possui 3 mil seguidores e cada uma das “inspiradoras” possuem 1 mil seguidores, ao publicarem e compartilharem suas fotos, o alcance possível e a influência será muito maior.


Ah… a marca ainda conta com campanhas que estimulam que o perfil seja “marcado” nas publicações dos clientes em suas viagens pelo mundo.


Uma ótima ideia de ter seus produtos sendo divulgados ao redor do planeta… genial né?


#4 Educar para vender


Parte do conceito por trás dessa técnica vem do que o mercado chama de Inbound Marketing.


Para a execução da estratégia “educar para vender” são realizadas ações com o intuito de atrair o potencial cliente para o aprendizado, divulgando conteúdos relacionados ao serviço ou produto que o seu negócio oferece.


Esse conteúdo é uma forma de educar a audiência e potenciais clientes sobre o segmento de sua empresa, transformar sua empresa em referência em determinado assunto relacionado a seu mercado e influenciar na decisão de compra de futuros clientes.


Exemplo que dá certo: medsam.com.br

No perfil da Med Sam, as campanhas e conteúdos são voltados para os profissionais que potencialmente precisarão dos produtos que são vendidos pela empresa.


São divulgados: vídeos explicativos, sorteios, conteúdos sobre empreendedorismo feminino, teorias sobre o mercado e tudo que seja definido como relevante para o público (empreendedoras e técnicas de estética) que de alguma maneira devem enxergar a marca como referência no assunto.


Em seguida, criam-se promoções pagas focadas principalmente em quem já interagiu com alguma das publicações, tornando ainda mais grandiosos os resultados.



#5 O poder da singularidade


Quando o assunto é personalização o marketing deve ser direto! A valorização das características dos clientes pela empresa nas suas mídias digitais, serve para atrair outros potenciais clientes que desejam ter as suas necessidades atendidas da mesma maneira.


Bolos, roupas, acessórios, consultorias, tatuagens, etc. são tipos de perfis que podem fazer um ótimo uso dessa técnica.


A ideia aqui é fazer com que o cliente pense: “Aonde você comprou? Quero um pra mim!”


Exemplo que dá certo: amoremfatiaspt

Por mais que esse perfil não utilize a opção de “marcar” o cliente que solicitou a encomenda.


Escolhi esse perfil pois é possível perceber que a variedade de modelos de bolos fazem com que o estilo do produto entregue seja único!


O cliente quando percebe que não há outro igual se torna referência para aqueles que também desejam que a sua aquisição seja única.


Dica nota 10: Que tal perguntar se o cliente pode marcar o seu perfil quando ele estiver cortando o bolo ou postando alguma foto que retrate o seu serviço?


Assim você pode compartilhar a experiência e a satisfação do cliente!!!



#Extra: Invista na experiência


Normalmente quando um cliente vai cortar o cabelo, ele não está só querendo "cortar o cabelo", na realidade ele quer ficar mais "bonito" para um evento, um encontro, etc.


Quando buscamos a divulgação da experiência do cliente com nosso produto ou serviço precisamos pensar um pouco além do óbvio: o que acontece se oferecer um atrativo como um chopp, uma massagem ou fazer um desconto especial em um outro serviço para o cliente que vai até a barbearia para cortar o cabelo?


Esse cliente pode se sentir acolhido e motivar a necessidade de corresponder compartilhando a “boa experiência” como diferencial de atendimento do seu negócio.


Para utilizar essa técnica, o segredo deve ser “não vender o óbvio”.


Exemplo que dá certo: metiers.cc

Uma cafeteria pode até ser só uma cafeteria comum quando você está nela, mas no digital, você não precisa divulgar o que é óbvio!


Com isso em mente, escolhi mostrar pra vocês como #exemploquedacerto esse perfil que só de olhar já dá vontade de tomar café…


A experiência do cliente é explorada de diversas maneiras: sorrisos, mordidas, conversas e até mesmo a foto de um pacote sendo entregue ao cliente para trazer de forma subjetiva a mensagem: “você também pode pegar e levar”.


Esse sem dúvida é um dos perfis que devem ser notados e seguidos por qualquer dono de negócio do ramo de bares, lanchonetes e restaurantes.






E aí? Curtiu os exemplos que dão certo (sob o meu ponto de vista, é claro)?


Espero que essas dicas tragam bons frutos para o seu negócio e faça com que outras pessoas conheçam a sua empresa e sejam atraídos de forma surpreendente.


Caso tenha dúvidas sobre marketing e empreendedorismo, fique a vontade em entrar em contato, terei o maior prazer em ajudar...


Quer saber mais sobre marketing para pequenos negócios e entrega de experiências?



É só acompanhar nossas redes sociais que vem muito conteúdo bom por aí...

Dicas e conteúdos de redes sociais para micro empresas utilizarem as mídias digitais com eficiência e terem resultados incríveis!

Administração e Marketing Digital

  • ADM Social Digital | Facebook
  • ADM Social Digital | Instagram
  • ADM Social Digital | LinkedIn
  • ADM Social Digital | Blog

Niterói - Rio de Janeiro

© 2020  | ADM Social Digital